JOGOS OLÍMPICOS TÓQUIO 2020
Seleção Masculina derrotada pela Alemanha
   
A competição de Ténis de Mesa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, a decorrer no Tokyo Metropolitan Gymnasium, entra agora na sua fase final, com a realização da competição por equipas.
A Seleção Nacional Masculina, com Marcos Freitas, defrontou a Alemanha, na ronda relativa aos oitavos de final da competição, opondo-se os dois melhores conjuntos europeus da atualidade.
A equipa de Portugal, 9º no ranking da prova, não conseguiu contrariar o favoritismo germânico, 2ª cabeça de série, tendo sido derrotada por 0-3, na eliminatória dos oitavos de final.
O atleta madeirense Marcos Freitas defrontou Dimitrij Ovtcharov, medalha de bronze em Singulares, tendo sido derrotado por 0-3 (9-11, 7-11 e 6-11). 
A dupla Tiago Apolónia/João Monteiro foi a primeira a entrar em ação, tendo sido derrotada por 0-3, frente a Timo Boll/Patrick Franziska, com Tiago Apolónia a perder frente a Timo Boll, no derradeiro confronto, por 0-3.
A Seleção de Portugal termina assim a sua participação nestes Jogos Olímpicos, de onde destaca o 9º lugar conquistado por Marcos Freitas na prova de Singulares.
Nas provas de Singulares destacamos a participação de Fu Yu, Shao Jieni e Tiago Apolónia.

marcos freitas press

Seleção Masculina, com Marcos Freitas, defronta Alemanha
 
As provas de Ténis de Mesa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 prosseguem no Tokyo Metropolitan Gymnasium, projetando-se já a competição por equipas, onde Marcos Freitas representará a Seleção de Portugal.
O atleta Marcos Freitas, 24º do ranking mundial, marca aqui o seu quarto registo em Jogos Olímpicos, tendo obtido o 9º lugar na competição individual, depois de derrota frente a Fan Zhendong (China), atual líder da classificação mundial.
O madeirense prepara-se agora, em conjunto com Tiago Apolónia, João Monteiro e João Geraldo, para medir forças com a Alemanha, num encontro agendado para o próximo domingo (01/08/2021), pelas 11h30 (horário da RAM), relativo aos oitavos de final da competição.
Este confronto olímpico reveste-se de particular relevância, entre duas formações que têm dominado o panorama europeu masculino nos últimos anos. O último encontro oficial entre as duas seleções aconteceu na final do Campeonato da Europa de Nantes 2019, onde a formação germânica foi mais forte, conquistando o título europeu.
A Seleção Nacional, vice-campeã da Europa e 9.º cabeça de série no evento, alcançou a qualificação para o evento coletivo em janeiro de 2020, na cidade de Gondomar, enfrentando a Alemanha, 2ª cabeça de série da competição. 
A Seleção Nacional Masculina conquistou o 5º lugar nos Jogos Olímpicos em Londres 2012, com derrota tangencial com Coreia do Sul, por 3-2, sendo afastada nos oitavos de final da competição no Rio 2016, após derrota, por 1-3, frente à Áustria. Em Campeonatos do Mundo, obteve dois classificações em quinto lugar, em Tóquio 2014 e Malásia 2016, e um 3º lugar na Taça do Mundo, no Dubai 2015, tendo-se sagrado Vice-campeã europeia em 2017 e 2019.
Historicamente a vantagem nos duelos entre as duas equipas vai para a Alemanha, com o primeiro registo mundial a ser encontrado em 1951, quando a Alemanha venceu Portugal em Viena, seguindo-se novo triunfo na Índia, em 1952. Nos registos mais recentes, Portugal apenas venceu a Alemanha no Campeonato da Europa de 2014, na final em Lisboa.
A Alemanha alcançou a medalha de bronze nos Jogos do Rio 2016, tendo subido ao pódio nas últimas quatro edições dos Jogos, em que se realizou a prova de equipas.
O atleta Marcos Freitas fez uma antevisão a este encontro com a Alemanha, que pode ser revista aqui, registando-se a mais valia dos intérpretes deste grande jogo, que segundo o madeirense "Portugal vai fazer tudo para ganhar".
Marcos Freitas termina competição nos dezasseis melhores
Fu Yu afastada por n.º 2 mundial na terceira ronda
 

As provas de Ténis de Mesa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 prosseguem no Tokyo Metropolitan Gymnasium, com os atletas Marcos Freitas e Fu Yu a realizarem novos encontros nas provas individuais.
O atleta Marcos Freitas marca aqui o seu quarto registo em Jogos Olímpicos, depois de presenças em Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016. Em Tóquio foi o 16º cabeça de série, ocupando atualmente o 24º lugar no Ranking Mundial.
Na eliminatória dos oitavos de final, e depois da vitória de ontem frente ao austríaco Daniel Habesohn, por 4-3 (11-7, 3-11, 11-7, 11-6, 11-13, 2-11 e 11-3), o madeirense defrontou o atual líder mundial Fan Zhendong (China).
Num embate muito difícil, na luta por um lugar nos quartos de final, foi mais forte o atleta asiático, após triunfo por 1-4 (6-11, 6-11, 2-11, 11-5 e 3-11). O atleta madeirense entrou a perder no encontro, reagindo no quarto set, onde venceu por 11-5, com Fan Zhendong a impor a sua superioridade no último set, fechando a seu favor o confronto. Com este resultado, Marcos Freitas classifica-se no grupo dos melhores dezasseis atletas da competição, saindo na ronda dos oitavos de final. Na última edição dos Jogos Olímpicos, Marcos Freitas alcançou o quinto lugar na prova individual.
O madeirense prepara-se agora em conjunto com os seus colegas para a participação por equipas, prova na qual Portugal entra em jogo na próxima segunda-feira (02/08/2021), defrontando a Alemanha.
A atleta Fu Yu, que marca também presença nestes Jogos Olímpicos, depois do Rio 2016, apresentou-se como a 32ª cabeça de série da competição, ocupando o 55º lugar no Ranking Mundial.
No confronto desta madrugada, relativo à 3.ª ronda da prova individual feminina, Fu Yu foi derrotada pela japonesa Mima Ito, 2.ª do ranking mundial e 3.ª cabeça de série.
A atleta naturalizada portuguesa e residente na Madeira desde 2001 foi derrotada por 1-4 (9-11, 11-5, 5-11, 4-11 e 5-11), classificando-se no grupo das trinta e duas melhores atletas da competição feminina. O confronto foi muito difícil para a internacional lusa, que após igualar o marcador a um ponto, não consegui impor o seu jogo, tendo a jovem nipónica acabado por triunfar nos últimos três sets. A japonesa, com 20 anos, sagrou-se no dia de ontem campeã olímpica de Pares Mistos Tóquio 2020.
A Seleção Masculina entra em competição no próximo dia 2 de agosto (segunda-feira), onde irá medir forças com a Alemanha, no confronto dos oitavos de final destes Jogos Olímpicos Tóquio 2020. Este será um confronto muito difícil, entre duas formações que se têm afirmado no panorama coletivo europeu nos últimos anos.
A equipa de Portugal, com Marcos Freitas, Tiago Apolónia, João Monteiro e João Geraldo, medem força com a Alemanha, equipa que subiu ao pódio nas últimas quatro edições dos Jogos Olímpicos, em que se realizou a prova de equipas.
As duas formações defrontaram-se na final do Campeonato da Europa de Nantes 2019, onde a formação germânica foi mais forte, conquistando o título europeu, estando em perspetiva um bom encontro olímpico.

 
Marcos Freitas qualifica-se para os oitavos de final da prova
Fu Yu estreia-se com vitória e ruma à terceira ronda
 

   As provas de Ténis de Mesa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 prosseguem no Tokyo Metropolitan Gymnasium, com os atletas Marcos Freitas e Fu Yu a entrarem em ação com bons resultados.
    O atleta Marcos Freitas tinha estreia marcada frente ao austríaco Daniel Habesohn, na terceira ronda, tendo obtido um importante triunfo por 4-3 (11-7, 3-11, 11-7, 11-6, 11-13, 2-11 e 11-3), rumando aos oitavos de final da competição masculina.
    Depois de uma vantagem inicial no encontro, por 1-0 e 3-1, o madeirense, 16º cabeça de série nestes Jogos Olímpicos e 24º do Ranking Mundial, foi surpreendido pelo austríaco, 32º designado do evento e 48º na hierarquia mundial, "deixando-se igualar a três partidas. No confronto decisivo, Marcos foi mais forte, vencendo por 11-3, rumando ao grupo dos dezasseis melhores em Tóquio.
    Na próxima ronda, agendada para amanhã (terça-feira, 27/07/2021), provisoriamente pelas 11h30 (horário da RAM), irá defrontar o vencedor do encontro entre o atual líder mundial Fan Zhendong (China) e Emmanuel Lebesson (França).
    O atleta internacional aguarda então pela definição do adversário a encontrar nesta ronda, na luta pelo acesso aos quartos de final da competição individual masculina.
    A atleta Fu Yu, que marca também presença nestes Jogos Olímpicos, depois do Rio 2016, garantiu a passagem à terceira ronda da competição feminina, com uma vitória por 4-0 (11-3, 11-3, 11-5 e 11-5) sobre a indiana Sutirtha Mukherjee, 52ª atleta do ranking do evento e n.º 100 do ranking mundial. A atleta portuguesa é a 32ª cabeça de série da competição, ocupando o 55º lugar no Ranking Mundial.
     Depois desta importante vitória, Fu Yu irá agora medir forças frente à japonesa Mima Ito, nº 2 do ranking mundial, num encontro agendado para amanhã (terça-feira, 27/07/2021), pelas 04h00 (horário da RAM).
    Não há registo de encontros internacionais entre estas duas atletas, que se apresentam como sendo de duas gerações diferentes, numa luta interessante pelo acesso aos oitavos de final da prova.

 
 
Marcos Freitas defronta austríaco Daniel Habesohn
Fu Yu estreia-se frente à indiana Sutirtha Mukherjee
 
As provas de Ténis de Mesa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 decorrem a bom ritmo no Tokyo Metropolitan Gymnasium, com os atletas portugueses a entrarem em ação com bons resultados.
O atleta Marcos Freitas tem a sua estreia agendada nestes Jogos Olímpicos para amanhã (segunda-feira, 26/07/2021), na terceira ronda da prova individual masculina.
Num encontro que se realizará entre as 08h30 e as 11h30 (horário da RAM), o atleta madeirense vai defrontar o austríaco Daniel Habesohn, naquele que será o seu primeiro jogo oficial em Tóquio. Marcos Freitas é o 16º cabeça de série nestes Jogos Olímpicos e 24º do Ranking Mundial, defrontando aqui Daniel Habesohn, 32º designado do evento e 48º na hierarquia mundial.
Nos mais recentes registos internacionais entre estes dois atletas, Marcos leva vantagem em vitórias, tendo em 2018 vencido, por 4-1, no Open da República Checa, triunfo que se seguiu no Campeonato da Europa 2019, por 3-1, e no Top 16 Europeu 2020, onde ganhou por 4-0. A única derrota registou-se no Top 16 Europeu de 2019, onde foi derrotado por 3-4.
Temos em perspetiva um bom confronto para Marcos Freitas, frente a um adversário muito forte, mas onde o internacional português quererá vencer e avançar na competição, nesta que é a sua quarta presença em Jogos Olímpicos, depois de presenças em Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016.
Na última edição dos Jogos Olímpicos, Marcos Freitas alcançou o quinto lugar na prova individual, procurando aqui registar novos patamares na sua história como profissional de Ténis de Mesa.
A atleta Fu Yu, que marca também presença nestes Jogos Olímpicos, depois da presença no Rio 2016, tenta igualmente garantir uma boa prestação na prova individual. Esta atleta, residente na Madeira desde 2001, apresenta-se como a 32ª cabeça de série da competição, ocupando o 55º lugar no Ranking Mundial.
Nesta estreia irá defrontar a indiana Sutirtha Mukherjee, 52ª atleta do ranking do evento e n.º 100 do ranking mundial, num encontro agendado para as 04h00 (horário da RAM).
No setor feminino, a atleta Fu Yu será a única representante lusa nesta eliminatória, depois da eliminação de Shao Jieni, na segunda ronda do evento, com derrota frente a Yu Mengyu (Singapura), por 0-4.
No setor masculino, Tiago Apolónia venceu a primeira eliminatória, tendo encontro marcado com o indiano Kamal Achanta, para a próxima madrugada (02h00).
De destacar igualmente a presença de Carlos León, que assume a função de Delegado Técnico da Federação Internacional de Ténis de Mesa no evento, depois da presença no Rio 2016, então como Diretor Desportivo da competição de Ténis de Mesa.
   Todos os resultados da competição podem ser seguidos neste link.

 

marcos

 
Marcos Freitas entra em ação na próxima segunda-feira
Fu Yu realiza primeiro encontro neste domingo
  
As provas de Ténis de Mesa dos Jogos Olímpicos Tóquio 2020 iniciaram-se hoje (24 de julho de 2021), desenrolando-se até ao próximo dia 8 agosto de 2021, com a participação de representantes de mais de duzentas nacionalidades.
O atleta Marcos Freitas marca a sua quarta presença em Jogos Olímpicos, depois de presenças em Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016, entrando agora em ação no Tokyo Metropolitan Gymnasium.
O madeirense vai competir na prova individual, onde se assume como o 16º cabeça-de-série da competição masculina, entrando em ação na próxima segunda-feira (26/07/2021), estando ainda por conhecer o seu adversário.
Na competição por equipas, com Tiago Apolónia, João Monteiro e João Geraldo, sob a orientação do treinador Kong Guoping, a Seleção Masculina irá defrontar a Alemanha, na ronda dos oitavos de final. 
Este encontro irá ser realizado no próximo dia 2 de agosto, num encontro difícil para Portugal, onde estarão frente a frente as formações finalistas do último Europeu de Equipas, realizado em Nantes 2019.
A atleta naturalizada portuguesa Fu Yu, que reside na Madeira desde 2001 entra em ação apenas na 2.ª ronda, agendada para domingo (dia 25), sendo a 32.ª cabeça de série da prova.
Esta é a sua segunda participação olímpica, depois do Rio 2016, tendo alcançado a qualificação com a vitória nos Jogos Europeus 2019, então realizados em Minsk (Bielorússia).
A estreia de Portugal em Tóquio ficou a cargo de Tiago Apolónia e Shao Jieni, que realizaram os seus primeiros encontros no evento. 
Todos os resultados da competição podem ser seguidos neste link.
 
  

carlos toquio

marcos freitas
Marcos Freitas e Fu Yu marcam presença na competição no Japão
Carlos León será Delegado Técnico da Federação Internacional
 
 Os Jogos Olímpicos Tóquio 2020 realizam-se entre 23 de julho e 8 de agosto de 2021, com a participação de representantes de mais de duzentas nacionalidades.
A modalidade de Ténis de Mesa agendou as suas competições entre 24 a 30 de julho de 2021 (Prova de Singulares) e de 1 a 6 de agosto de 2021 (Provas de Equipas).
Neste grande evento voltam a marcar presença representantes madeirenses na modalidade de Ténis de Mesa, que integram a delegação lusa no maior evento desportivo a nível mundial. A modalidade de Ténis de Mesa está representada nos Jogos Olímpicos desde Seul 1988, voltando aqui a ter mais uma presença com um contingente significativo, fruto dos bons resultados alcançados a nível internacional.
O atleta Marcos Freitas volta a estar qualificado para uma Olimpíada, depois de presenças em Pequim 2008, Londres 2012 e Rio 2016, registando mais um marco histórico na sua carreira, repleta de muitas conquistas.
Ainda no rescaldo do terceiro lugar alcançado no Campeonato da Europa Individual, o atleta madeirense já viajou até Tóquio, em conjunto com a Seleção Masculina, constituída por Tiago Apolónia, João Monteiro e João Geraldo, sob a orientação dos treinadores Kong Guoping e Francisco Santos.
Com a qualificação obtida em janeiro de 2020, em Gondomar, Marcos Freitas, agora com 33 anos, terá oportunidade de competir em Singulares e por Equipas nestes Jogos Olímpicos, depois da última presença coletiva em Londres 2012, onde Portugal obteve um honroso quinto lugar.
Na competição de Singulares, Marcos Freitas, que se classificou em quinto lugar na prova do Rio de Janeiro em 2016, procura aqui se apresentar na sua melhor forma, após um ano muito atípico, atendendo às contingências da Covid-19.
Em recentes declarações à União Europeia de Ténis de Mesa, cuja entrevista pode ser revista aqui, afirmou que não teve muitas oportunidades de competir nos últimos meses, tendo apenas competido no Qatar, em dois torneios, onde objetiva não ter estado no seu melhor.
No plano de preparação para esta edição dos Jogos Olímpicos destaca o facto da equipa ter estado toda junta, a trabalhar no Centro de Alto Rendimento de Gaia, tentando encontrar a melhor forma para esta presença, em perfeita saúde e sem lesões. Na dimensão do resultado, considerar-se-ia satisfeito se igualasse o quinto lugar do Rio 2016, reconhecendo a dificuldade em conseguir obter tal desiderato, uma vez que não estará o Top 16 no sorteio inicial de singulares.
Recorda de forma especial a presença em Pequim 2008, por ter sido a sua primeira presença em Jogos Olímpicos e sobretudo por ser na China, analisando aquelas que foram as suas presenças nas Olimpíadas e projetando esta quarta participação.
A atleta naturalizada portuguesa Fu Yu, que reside na Madeira desde 2001 e representou vários clubes regionais, marcará igualmente presença nos Jogos Olímpicos Tóquio 2020, com lugar marcado na competição de Singulares Femininos, juntamente com Shao Jieni.
 Esta atleta alcançou a qualificação com a vitória nos Jogos Europeus 2019, então realizados em Minsk (Bielorússia), repetindo a presença que registou nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Tem-se apresentado num nível superior pela Seleção Nacional e tem por objetivo principal melhorar a prestação obtida em 2016, onde foi 33ª classificada, sendo orientada pela treinadora Xie Juan.
No âmbito da gestão, a representação madeirense na modalidade de Ténis de Mesa ficará a cargo de Carlos León, que assumirá a função de Delegado Técnico da Federação Internacional de Ténis de Mesa no evento, depois da presença no Rio 2016, então como Diretor Desportivo da competição de Ténis de Mesa.
O agente madeirense, Licenciado em Educação Física e Desporto, pela Universidade da Madeira, assumiu funções como Presidente da Associação de Ténis de Mesa da Madeira, entre 2000 e 2007, Vogal do Conselho Diretivo do Instituto do Desporto da Região Autónoma da Madeira e Presidente da Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, tendo sido recentemente nomeado para várias representações do mais alto nível internacional.
 
fu yu
   
carlos leon